Twitter Facebook Google Plus Youtube

Southern Rock Rádio

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Savoy Brown

Savoy Brown

Formada no bairro londrino Battersea, de tradição proletária e boêmia localizado na região sudoeste da capital, a banda nunca alcançou o devido reconhecimento em sua terra natal. Contudo, a situação foi diferente do outro lado do Oceano Atlântico. Nos Estados Unidos a condição de artista subestimado não é verdadeira e o Savoy Brown chegou a emplacar alguns singles na parada da Billboard, o que até hoje rende extensas turnês de costa a costa naquele país.

Em 1970, a banda teve um pesado baque: Dave Peverett, Roger Earle e Tony Stevens (membros originais do Savoy Brown junto de Simmonds) deixaram o Savoy Brown para montar o Foghat - outra lenda subestimada do blues-rock. Mas o líder não se abateu com a debandada e continuou em frente, lançando vários discos que proporcionaram horas de deleite aos ouvidos exigentes por bons sons

Poucas bandas resistem ao passo do tempo. A estrada é longa e os desvios são diversos, abuso de drogas, egos, desentendimento artístico e econômico acabam desagregando a maioria delas.

Porém Kim Simmonds, contra o vento é a maré se manteve firme no leme, por mais de quatro décadas, sendo até hoje o único integrante original.

Pode-se dizer: Savoy Brown é Kim Simmonds.

A Historia da banda britânica começa em 1966, quando Kim Simmond, guitarrista e grande amante do blues e R&B, decide se juntar a Bruce Portius, vocalista, Martin Stone, guitarra, Ray Chappell , bateria e Leo Manning, teclados, para formar o “The Savoy Brown Blues Band”.

Tocando em pequenos locais, conseguiriam alguns poucos seguidores fieis, entre eles estava Mike Vernom, quem produziria seus primeiros singles pelo selo Purdah, “I Can’t Quit you, Baby” e “True Blue”. Gravariam seu primeiro LP, “Shake Down”, em 1967 pela Decca Records, porém não tiveram muita aceitação e a banda começou a se desfazer. No segundo LP,” Getting to the Point”, apenas restaria Simmonds dos componentes originais.

Em 1969 com seu excelente terceiro LP, “Train to Nowhere”, começariam a fazer mais sucesso nos Estados Unidos que na Inglaterra, curiosamente eram pouco conhecidos em sua terra natal.

De lá para cá ouve constantes alterações nas suas fileiras, uma das mais relevantes com certeza seria o vocalista Chris Youlden, que logo partiria para uma carreira solo. Outros membros formariam a excelente banda Foghat (“Lonesome” Dave Peverett, Roger Earle e Tony Stevens) ou partiriam para formar parte de Fleetwood Mac. 

Apesar de tudo isso Savoy Brown, ou melhor, Kim Simmonds, continuaria a fazer bons trabalhos até os dias de hoje.

Discografia 

0 comentários:

Postar um comentário