Twitter Facebook Google Plus Youtube

Southern Rock Rádio

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Snafu

Snafu

Em 1972, o vocalista e baterista Bobby Harrison tinha acabado de sair de uma banda de Blues Rock chamada “Freedom” e começou a gravar seu primeiro LP solo, "FUNKIST'. Outro membro importante neste álbum foi Micky Moody, o então guitarrista do Juicy Lucy. A colaboração entre os dois foi tão bem sucedida, que após a queda de Juicy Lucy eles decidiram formar um grupo completamente novo e tocar com inspiração americana, algo mesclando o Funk e R&B com sabor de Rock.

Nessa época, Bobby Harrison tinha indo tocar com o Procol Harum, e participou da gravação de seu clássico de todos os tempos, “A Whiter Shade of Pale”. Logo depois, no entanto, Harrison foi “convidado” a deixar a banda devido à "divergências internas".

Depois de Procol Harum, Bobby Harrison formou o Freedom, cujo primeiro line-up gravou um par de singles e uma trilha sonora para um filme italiano. O sucesso comercial, infelizmente, escapou deles e o Freedom se separou em 1972. Depois disso, Bobby ocasionalmente fez shows com Lucy Juicy, onde fez amizade com o guitarrista Micky Moody.

Em julho de 1970, Moody foi convidado a participar Juicy Lucy, com quem ficou por três álbuns até o Snafu ser formado em Outubro/Novembro de 1972.

Bobby Harrison e Micky Moody começaram a escrever juntos e fazer audições para a nova banda. Eles encontraram o ex-baterista do Tramline, Terry Popple (anteriormente com Van Morrison), o baixista Colin Gibson (ex-Ginger Bakers Airforce) e o teclado e violino Pete Solley (mais tarde ingressaria no Whitesnake).

Gibson sugeriu o nome Snafu, um termo que ele encontrou em um hit do Captain Beefheart”, Big Eyed Beans From Venus”, de 1972, no álbum “Clear Spot”.

O line-up provou ser poderoso. As influências musicais eram principalmente americanas e vieram de bandas como The Allman Brothers Band e em particular Little Feat, uma das bandas favoritas Bobby Harrison.

Richard Branson, que havia construído recentemente o Studio Manor, ficou impressionado com a qualidade da nova banda, convidando para gravar seu primeiro disco no recém inaugurado estúdio.  O primeiro da banda, auto-intitulado só recebeu boas críticas, mas comercialmente foi um fiasco. No entanto, no momento em que o disco foi lançado, o grupo excursionou pela Europa com sucesso ao lado do The Doobie Brothers e nos EUA com The Eagles.

No segundo LP, “Situation Normal”, Pete Solley tinha tomado grande parte do controle da banda e colocando uma forte influência country-rock no álbum (pouco presente no primeiro). No entanto, não foi bem analisada como seu antecessor. A banda fez turnê pelos EUA como um ato de apoio a Emerson, Lake & Palmer, mas a participação na turnê foi vista por muitos como um erro. Mesmo assim a banda gravou até oito canções em sessão para a BBC.

Terceiro LP, “All Funked Out” até hoje é visto como o seu "grande álbum perdido”. Pete Solley saiu para se juntar ao Procol Harum. Ele foi substituído primeiro por Brian Chatton (anteriormente com John Miles) e mais tarde por Tim Hinkley, que era um musico de estúdio muito usado na época. Tocam ambos no álbum, que novamente foi gravado no The Manor.

Durante uma excursão na Alemanha, Moody foi convidado para se juntar a David Coverdale e ele aceitou. Harrison tentou manter Snafu juntos por um tempo com Clem Clempson (Colosseum, Humble Pie, Champion) na guitarra, mas não funcionou.

Snafu é notável por sua combinação britânica Rhythm and Blues tradicional com elementos americanos inspirado no Funk e música Country. E Micky Moody é considerado um dos grandes guitarristas slide do mundo.


0 comentários:

Postar um comentário