Twitter Facebook Google Plus Youtube

Southern Rock Rádio

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Little Feat

Little Feat

Lowell George conheceu Bill Payne, quando George era um membro do Frank Zappa's Mothers of Invention. Payne tinha um teste para o Mothers, mas não se juntou ao grupo. Eles formaram o Little Feat, juntamente com o baixista ex-Mothers Roy Estrada e o baterista Richie Hayward da banda anterior de George, Factory. O nome da banda veio de um comentário feito pelo baterista do Mothers, Jimmy Carl Black sobre Lowell, a qual chamava de "little feet". A grafia de "feat" foi uma homenagem aos Beatles.

Existem três lendas sobre a gênese do Little Feat. Uma diz que George mostrou a Zappa sua canção "Willin'", e que Zappa o demitiu do Mothers of Invention, porque sentiu que George era muito talentoso para ser apenas um membro de sua banda, e disse que ele deveria ir embora e formar sua própria banda. A segunda versão diz que Zappa o demitiu por ele ter tocado um solo de guitarra de 15 minutos com o seu amplificador. A terceira versão diz que Zappa o demitiu porque "Willin'" contém referências a drogas ("weed, whites and wine"). George muitas vezes introduziu a música como a razão pela qual ele foi convidado a deixar a banda. Em 18 de outubro de 1975 no Auditorium Theater em Rochester, New York, introduzindo a música, comentou que ele foi convidado a deixar a banda por "escrever uma canção sobre drogas".

Em qualquer versão, Zappa foi fundamental para a saída de George do Mothers e para o surgimento do Little Feat. Quando "Willin" foi gravada para o álbum "Little Feat" de 1971, George tinha ferido a mão em um acidente com um aeromodelo, de modo que, Ry Cooder tocou em parte da canção. Geralmente os álbuns de estréia são os mais aclamados, mas isso não acontece com o primeiro lançamento do Little Feat. O álbum vendeu apenas 11.000 cópias na época e se tornou uma estreia fracassada para a banda. Mas enganasse quem pensou que esse é um álbum ruim, pelo contrário, é um dos melhores da banda. Muitos não gostam dele pelo fato de ser o oposto do som que fez do Little Feat um sucesso nos anos de 1970.

Após o fracasso comercial de seu álbum de estréia, o Little Feat se viu obrigado a aumentar seu público, caso isso não acontecesse, eles perderiam seu contrato com a Warner.

Em 1972 a banda lança "Sailin' Shoes" e ele é notável por alguns motivos. O primeiro é a introdução de Neon Park como ilustrador da banda, função que cumpriu até a sua morte em 1993. A capa do álbum é uma alusão ao quadro "The Swing"  do pintor Jean-Honoré Fragonard. Segundo, foi um álbum mais refinado do que seu predecessor, sinalizando uma mudança desse álbum para o próximo. Em terceiro lugar, marcou o último álbum do baixista original Roy Estrada. "Willin'" foi regravada nesse álbum, mas dessa vez com Lowell tocando guitarra desde o início. O Van Halen gravou uma versão da faixa "A Apolitical Blues" em seu álbum "OU812" de 1988.

A falta de sucesso comercial levou a saída de Estrada em 1972, pra seu lugar foi recrutado Kenny Gradney. A banda também acrescentou um segundo guitarrista, Paul Barrere, que tinha conhecido George, uma vez que estudaram na Hollywood High School, na Califórnia, e o percussionista Sam Clayton. Ambos continuam na banda até os dias atuais.

Formação nova requer álbum novo, e assim fez o Little Feat. Esta nova formação alterou radicalmente o som da banda, inclinando-se mais para o R & B / funk de Nova Orleans. Em 1973 a banda lança "Dixie Chicken". Esse álbum é o auge de Lowell como compositor e líder da banda. A faixa-título do álbum é considerada o cartão de visitas do Little Feat, pois ajudou a definir melhor o som da banda

Em 1974 é lançado "Feats Don't Fail Me Now", álbum que pode ser considerado o auge do Little Feat como grupo. Nesse álbum Lowell sai um pouco da linha de frente da banda, mais especificamente, abre mais o processo de composição para os outros membrso da banda. "Feats Don't Fail Me Now" foi o primeiro álbum da banda a figurar na The Billboard 200, alcançando a 36° colocação.

O lançamento do álbum "The Last Record Album" em 1975 sinalizou uma outra mudança no som do Little Feat, com Paul Barrére desenvolvendo um interesse pelo jazz-rock.

Lowell George continuou a produzir os álbuns, mas diminuiu sua contribuição nas composições, principalmente pelo grupo ter mudado seu direcionamento musical para o jazz fusion, um estilo em que ele tinha pouco interesse.

Quando o Little Feat foi para o estúdio gravar "Time Loves a Hero" (1977), as tensões entre os membros da banda - mais especificamente, Lowell George e o resto da banda - estavam em seu auge. George não só tinha sucumbido a diversos vícios, mas ele estava ficando impaciente com o grupo. O resto do grupo trouxe Ted Templeman, que já trabalhou em "Little Feat" e "Sailin' Shoes", para mediar as sessões. George não estava feliz com isso, mas, provavelmente, não é a única razão pela qual sua presença não é grande sobre este lançamento - todos os sinais apontam para sua frustração com a banda, e ele não estava com a saúde em dia, então ele apenas não quis contribuir para o registro. Ele escreveu uma canção, "Rocket in My Pocket", e colaborou com Paul Barrere em "Keepin' Up with the Joneses". Barrere foi responsável pelos únicos momentos brilhantes no álbum, as faixas "Old Folks Boogie" e "Time Loves a Hero", juntamente com Bill Payne e Ken Gradney.

Em agosto de 1977, o Little Feat gravou um álbum ao vivo a partir dos shows no Rainbow Theatre em Londres e no Lisner Auditorium in Washington, DC. O resultado das gravações foi "Waiting For Columbus" (1978), considerado pela critica um dos melhores álbuns ao vivo de todos os tempos, apesar de alguns overdubs existentes no material. "Waiting For Columbus" é o álbum mais vendido da banda, ultrapassou a casa de dois milhões de cópias vendidas. Na época de seu lançamento, tornou-se aparente que o interesse de Lowell George pela banda foi diminuindo, assim como sua saúde.

Quando da gravação do álbum "Down on the Farm" (1979), Lowell George era apenas marginalmente parte do grupo, nesse período ele estava gastando muito tempo para completar seu álbum solo, "Thanks, I'll Eat it Here" (1979). Enquanto ele estava em turnê em apoio ao registro, sofreu um ataque cardíaco fulminante e morreu, deixando para trás um registro incompleto com Little Feat. Após o luto, a banda se reagrupou e remendaram juntos o que se tornaria "Down on the Farm", o último álbum da Era Lowell.

Para muitos a fase correspondente ao fim da ERA Lowell George (sua morte) - não é considerada, com álbuns que fogem ao som consagrado do grupo. Mas a banda prosseguiu vários discos de sucesso foram gravados e turnês foram feitas...


0 comentários:

Postar um comentário