Twitter Facebook Google Plus Youtube

Southern Rock Rádio

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Drive By Truckers

Drive By Truckers

Em 1985, os amigos de faculdade Mike Cooley e Patterson Hood, formaram uma banda de inspiração punk com o nome de Adam's House Cat. O grupo se desfez seis anos mais tarde, e Cooley e Hood participaram de vários projetos antes de irem para cidades diferentes. Eles acabaram se encontrando novamente em Atenas, Geórgia, onde a dupla forma o Drive-By Truckers, em 1996. “Gangstabilly” (destaque para as faixas “Demonic Possession”, “The Living Bubba” e “18 Wheels of Love”) anunciou estréia oficial da banda em 1998, enquanto “Pizza Deliverance” (destaque para as faixas “Bulldozers and Dirt” e “Margo and Harold”) mostrou um Mike Cooley emergindo como um competente compositor. (O contraste sonoro entre Cooley e as canções de Hood em breve viria a ser um dos ativos mais fortes dos “Caminhoneiros”) Em 2000, a banda lança seu primeiro álbum ao vivo, “Alabama Ass Surra”, uma gravação de um show que a banda fez em em Atenas.

Os três primeiros lançamentos serviram para formar uma base de fãs para a banda, para que em 2001 com o lançamento do conceitual “Southern Rock Opera” (destaque para as faixas "Let There Be Rock", "Ronnie and Neil", "Women Without Whiskey", "Life in the Factory" e "The Three Great"), a banda entrasse definitivamente na linha de frente da nova geração de bandas de Southern Rock (podem-se incluir nessa nova geração bandas como Jackyl, Widespread Panic e Gov’t Mule).

“Southern Rock Opera” tornou-se o maior sucesso da banda até agora. O álbum retrata o fascínio de Hood pelo Southern Rock dos anos de 1970, mais especificamente pelo Lynyrd Skynyrd, que foi o foco da história do álbum. Ouvindo e lendo as letras das faixas do álbum, pode-se conhecer um pouco mais da história do Lynyrd Skynyrd e, consequentemente, do Southern Rock, na visão de Patterson Hood.

“Southern Rock Opera” conta o início, o auge e a rápida queda do Lynyrd Skynyrd, passando por fatos que marcaram a carreira da banda.

O álbum “Dirty South” (destaque para as faixas “Lookout Mountain”, “The Day John Henry Died” e “Where the Devil Don't Stay”) sai em 2004, e é o álbum mais vendido da banda. Hood capta o desespero de pessoas comuns em pessoas “Puttin 'on the Moon” e os horrores da história “The Sands of Iwo Jima”. Sua habilidade de combinar letra e música com angústia física chegou a um auge quase demoníaco. Neste ponto não há virtualmente nenhum estilo que a banda não domine.

Um show da turnê de 2004 foi gravado resultando em 2005 no lançamento de “Live at the 40 Watt: August 27 & 28, 2004”.

“A Blessing and a Curse” (destaque para as faixas “Easy on Yourself”, “Daylight” e “Space City”) lançado em 2006 e logo após Isbell deixa a banda para iniciar sua carreira solo, com o álbum “Sirens of the Ditch” de 2007. Patterson Hood e Mike Cooley continuaram sem Isbell e com dois novos integrantes, o guitarrista John Neff e o tecladista Spooner Oldham. Nesse álbum percebe-se a grande capacidade dos músicos da banda em fazerem um som diversificado, uma tentativa de deixar para trás o rótulo de banda Southern Rock.

Em 2009 é lançado o álbum ao vivo “Live from Austin” e uma coleção de material nunca lançado pela banda, “Fine Print: A Collection of Oddities and Rarities 2003-2008”.

“The Big To-Do” (destaque para as faixas “Drag the Lake Charlie”, “This Fucking Job” e “The Flying Wallendas”) é lançado em 2010 e “Go Go Boots” sendo o trabalho mais recente da banda.

Veja também:
Discografia - Drive By Truckers.


0 comentários:

Postar um comentário