Twitter Facebook Google Plus Youtube

Southern Rock Rádio

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Doc Holliday

Doc Holliday

Tendo seu nome baseado em um “fora-da-lei” do Oeste Selvagem - Holliday era o parceiro do cherife Wyatt Earp - famoso por atirar nos inimigos pelas costas - Doc não sofria desse mal, o mal dele era a tuberculose, mas isso não o impediu de mandar um bocado de gunfighters comer capim pela raiz. Morreu de velho devido à tuberculose

Doc Holliday, a banda,  vem de Macon, GA e lançou dois dos discos mais classicos do Southern Rock  nos anos 80. Embora nunca tivesse o reconhecimento merecido nos EUA, a banda  foi um enorme sucesso na Europa.

O grupo assinou com a A&M Records em 1980. Em 1981 seu álbum de estréia, “Doc Holliday” entrou na Billboard alcançando o Top 30. A banda então começou a receber a atenção da imprensa musical européia e o segundo disco, “Doc Holliday´s Rides Again...” foi lançado no final de 1981 para a aclamação da crítica. O clássico “Lonesome Guitar" despontou como hit na Alemanha, poucos dias depois do lançamento.

Nos primeiros dias, a banda tocou cerca de 200 shows por ano, fazendo turnês com Black Sabbath, Molly Hatchet, Charlie Daniels, Greg Allman, Stevie Ray Vaughan, Blackfoot, April Wine, Loverboy, Pat Travers, Dixie Dregs, Nantucket, Johnny Van Zant, Point Blank e muitos outros. Tocaram também no Madison Square Garden, em Nova York, no Santa Monica Civic Center, em Los Angeles, e na maioria das cidades no meio-oeste norte-americano.

Já em 1983 o sucesso começou a aflorar os ânimos dos seus componentes. Naquele ano  lançam seu terceiro álbum, “Modern Medicine”. Totalmente experimental, o som do Tecno, em voga na época, foi misturado ao brilhante Southern Rock praticado até então, o que resultou num completo fracasso.

O ritmo das turnês e a falta de aceitação por parte dos fãs, juntamente com a explosão da música New Wave, contribuiu para a dissolução da banda em 1984. Já em 1985 voltam à ativa e lançam, através do selo Europeu “Metal Masters”, seu mais novo disco intitulado “Danger Zone, em 1986.

Em 1989 lançaram seu quinto álbum, “Song For The Outlaw-LIVE, seguido da primeira turnê na Europa, tocando na Escandinávia, Reino Unido, Suíça e Alemanha. Durante os anos 90, o grupo excursionou pela Europa com regularidade, participando de festivais ao ar livre e em diversas casas de show. O próximo álbum, “Son Of The Morning Star” saiu por uma pequena gravadora alemã em 1993. Durante este tempo a banda se apresentou com Blackfoot, UFO, Quiet Riot, Nazaré, Foghat, e outros.  Em 1996, o novo disco “Legacy” foi lançado. Inesperadamente, um choque de energia nova veio, fazendo com que o Doc Holliday voltasse a ficar em evidência e todos os sues shows começaram a ficar SOLD OUT.  Foi quando a A&M Records resolve re-lançar os três primeiros LPs em CD, e então uma nova turnê pela Europa agendada.

Doc Holliday começou o ano de 2000 em grande estilo com um show em Berlim, além de fazer um show na véspera de Ano Novo . Na primavera de 2000, a banda foi votada no "Southern Rock Hall Of Fame", promovida pela Gritz Magazine.

Em 2001 a Halycon Music da Alemanha re-lançou os álbuns “Danger Zone” e Song For The Outlaw-LIVE. Ainda no final de 2001, um novo disco era lançado, “A Better Road, e mais uma vez com a aclamação de crítica e público. No verão de 2002, Better Road European Tour incluiu datas na Alemanha, Bélgica, Suíça e Suécia.

No verão de 2003, a Phoenix Records lançou uma compilação chamada “Gunfighter-The Best Of The 90´s”, e no outono a banda lançou o seu álbum de número 10, “Good Time Music”. O grupo excursionou pela Europa em novembro de 2003 e julho de 2004. Em 2006 é lançado “Rebel Souls”, uma coleção de covers com diversas bandas como The Beatles, The Marshall Tucker Band e Bad Company, que foram escolhidos para revelar algumas das influências musicais.

Mesmo em turnê comemorando o 30º aniversário de banda com show lotados pela Alemanha, França, Inglaterra, Suécia e Bélgica, a gravadora  Phoenix Records lançou “From The Vault", uma coleção retrospectiva de outtakes, remixes e transmissões de rádio, além de duas novas faixas.

Veja também:
Discografia - Doc Holliday.


0 comentários:

Postar um comentário