Twitter Facebook Google Plus Youtube

Southern Rock Rádio

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Black Oak Arkansas

Black Oak Arkansas

O grupo, inicialmente chamado de The Knowbody Else, foi formada em 1965 em Black Oak, Arkansas, por Ronnie Smith (vocal), Rickie Reynolds (guitarra), Knight Stanley (guitarra), Harvey Jett (guitarra), Pat Daugherty (baixo) e Wayne Evans (bateria). O primeiro sistema de PA da banda foi roubado em uma escola secundária local. Os membros do grupo foram posteriormente acusados de roubo e condenados há 26 anos na prisão Tucker Farm (esta sentença foi posteriormente suspensa). Isto levou à retirada para as montanhas de Arkansas, onde viviam fora da terra e refinaram seu estilo musical. Eles também viveram em Long Beach, Mississippi e tocaram no teatro local. Algumas de suas influências durante esse tempo eram os The Beatles e The Byrds.

O Knowbody Else se mudou para Memphis, Tennessee em 1969 e assinou um contrato com a gravadora Stax Records. Seu álbum de estréia auto-intitulado, e seu único álbum com a Stax, foi ignorado pela população. Durante este tempo a banda tornou-se interessado em psicodelia e espiritualismo oriental que, combinado com sua educação Batista do Sul, contribuíram para o seu som.

Apesar do fracasso desses álbuns, a banda continuou a turnê pelo país e foi "descoberto" na Califórnia, por Ahmet Ertegun, da Atlantic Records, que contratou a banda em 1970. Seu auto-intitulado álbum de estréia, "Black Oak Arkansas" (127° na The Billboard 200) foi lançado em 1971.

Após o sucesso do Black Oak Arkansas, a banda excursionou extensivamente entre os anos de 1972-1977 e ficou conhecido pelos seus espetáculos de alta energia e sexualidade de Mangrum. Naqueles anos, a banda foi uma das que mais renderam bilheterias dos EUA. Mangrum realizava seus shows sem camisa e usava calças apertadas, influenciando artistas como David Lee Roth, Jesse James DuPree e Axl Rose em anos posteriores.

Em 1972 mais dois álbuns foram lançados, "Keep The Faith" (103° na The Billboard 200) e "If An Angel Came To See You Would You Make Her Feel At Home?" (93° na The Billboard 200).

Em 1973, Black Oak Arkansas lançou seu primeiro álbum ao vivo "Raunch 'N' Roll Live" (90° na The Billboard 200) e introduziu um novo baterista, Tommy Aldridge (Pat Travers Band, Ozzy Osbourne, Whitesnake, Thin Lizzy, Ted Nugent).

"High on the Hog" foi lançado ainda em 1973 e se tornou um sucesso, atingindo a 52° colocação na The Billboard 200, maior colocação de um álbum da banda e a faixa "Jim Dandy", que contava com a participação de Ruby Starr, que na época estava excursionando com a banda, alcançou a 25° colocação na Billboard Hot 100.

A influência country dá as caras novamente em “High´N´Dry” e “Why Shouldn´t I Smile”, esta última com uma grande performance do baixista Pat Daugherty. O disco fecha como começou, com o balanço latino temperando o hard rock de “Mad Man”.

A banda tocou no famoso festival California Jam, em Ontário, Califórnia, em 6 de abril de 1974. Atraindo mais de 200.000 fãs, aparecendo ao lado de gigantes do Rock dos anos 1970, como Black Sabbath, Eagles, Emerson, Lake & Palmer, Deep Purple, Earth, Wind & Fire, Seals & Crofts e Rare Earth. Partes do show foram transmitidas na ABC Television nos EUA, expondo a banda para um público mais amplo.

"Street Party" lançado em 1974, alcançou a 56° colocação na The Billboard 200.

"Ain't Life Grand" foi lançado em 1975 e alcançou a 145° colocação na The Billboard 200.

A banda assina contrato com a MCA e lançou "X-Rated" em 1975.

Em 1976 a formação original do Black Oak Arkansas (menos Harvey Jett, que foi substituído por Jimmy Henderson) lançou seu último álbum, "Balls of Fire", que chegou a 173° colocação na The Billboard 200. "10 Years Overnight Success" é lançado em 1976.

Em 1977, Mangrum era o único membro original da banda, que deixou um legado para o Rock do Arkansas, também levantou centenas de milhares de dólares para atividades beneficentes do Estado, incluindo o Arkansas Children's Hospital.

Já como Black Oak, em 1977 Jim "Dandy" Mangrum, Jimmy Henderson, Greg Reding (guitarra e teclados), Jack Holder (guitarra), Andy Tanas (baixo) e Joel Williams (bateria), participaram nos dois álbuns da Capricorn Records, que foram registrados em 1977, "Race with the Devil", e 1978, "I´d Rather Be Sailing". Em 1978, o guitarrista Shawn Lane entrou na banda aos 14 anos, e excursionou com a banda por quatro anos.

Em 1980 a banda encerra suas atividades. Treze anos depois, a banda retorna não com a sua formação original de maior sucesso com o lançamento do inédito “The Wild Bunch”, em 1999.

Veja também:
Discografia - Black Oak Arkansas.


0 comentários:

Postar um comentário